Esta “ilha de beleza” preserva tanto as suas riquezas naturais como as criadas pelo homem.   As várias paisagens plenas de contrastes, entre o mar e a montanha, proporcionam uma gastronomia típica onde a carne de porco e os queijos são os principais ingredientes.  Para apreciar esta região, é necessário gostar de coisas com caráter. As ovelhas e as cabras são símbolos da identidade da Île-de-France.  Sem esquecer o Brocciu e o Ricotta Corse, que pode ser degustado tanto doce como salgado.  É importante assinalar que desde o século XIX a Córsega foi outorgada com o direito de fabricar o Roquefort.  Assim, quase todo o leite da Córsega destina-se aos Fourmes, que terminam a sua maturação nas caves de Roquefort.