&

Neufchâtel

& Neufchâtel e sidra Pays d’Auge

O queijo: Neufchâtel…

Este queijo pode ser comparado com a renda graças à sua maciez e leveza. O Neufchâtel tem uma crosta bolorenta penugenta e branca. A massa é mole e encanta assim o paladar com a sua delicadeza, deixando prever um cheiro delicado de bolor misturado com notas úmidas. A matéria desenvolve-se pouco, tanto em termos aromáticos como em termos tácteis. Este queijo é macio e tem uma nota final sutilmente requintada e mineral.

 

A bebida: sidra Pays d’Auge…

A cor dourada ornamentada com pequenas e leves bolhas fervilhantes permite celebrar sensações olfativas que têm uma frescura que deleita. As delicadas notas frutadas e um toque de mel dão água na boca. A textura é elástica depois de um ataque delicioso e vivo devido ao gás. A matéria é elegante e muito frutada com uma sensação tátil de veludo. A nota final tem um toque agradável de amargor subjacente e frutado dominante.

Temperatura para servir

Esta sidra deve ser servida a uma temperatura entre 7 e 8 °C para se desenvolver e exprimir as suas melhores características organolépticas.

 

A combinação de texturas e sabores

A sidra é a bebida-estrela desta região da Normandia e combina na perfeição com este queijo uma vez que ambos têm características semelhantes. Existe uma delicadeza, sutileza de sensações, requinte de aromas e formas de cremosidade e de suavidade convexas que sabem interligar-se. Tudo isto é revelado em toques durante a degustação do queijo e da sidra e estes dois parceiros sabem apreciar-se mutuamente sem nunca oporem-se um ao outro. Esta é talvez uma das mais belas combinações entre um queijo e uma bebida.